Profissões sem canudo com melhores salários


A massificação do ensino universitário fez com que cada vez mais as pessoas procurem por esse tipo de formação como garantia de estabilidade profissional e bons salários, e em contrapartida, os cursos profissionais ou outras profissões que não carecem de grandes especializações, ganhassem destaque em termos salariais, devido à falta de profissionais. No artigo de hoje trazemos uma lista das 10 profissões sem canudo com melhores salários em Portugal. Tratam-se de profissões em que por norma não existe ou não é exigida uma formação universitária aos candidatos, e que, por existir uma grande falta de recursos humanos com esse tipo de competências, atingem níveis salariais bastante simpáticos.

Esta é uma publicação baseada num estudo do Jornal Expresso, em parceria com as recrutadores Hays e Michael Page, duas empresas muito vocacionadas para o recrutamento de profissionais com um perfil bastante técnico. O estudo tem ainda como base o salário médio nacional (aproximadamente 900€) e através do mesmo tenta-se dar a conhecer as profissões que atingem níveis salariais superiores à média nacional. Confira.

As 10 profissões sem canudo com melhores salários em Portugal:

. Técnico de Manutenção Industrial
Salário médio: entre 1200€ e 1800€
Maior índice de empregabilidade: Zona Norte
Cursos na área: CLIQUE AQUI


. Programador
Salário médio: entre 1800€ e 2100€
Maior índice de empregabilidade: Porto e Lisboa
Cursos na área: CLIQUE AQUI


. Auxiliar de Contabilidade
Salário médio: entre 950€ e 1100€
Maior índice de empregabilidade: Porto e Lisboa
Cursos na área: CLIQUE AQUI


. Técnico de Marketing e Comunicação
Salário médio: entre 1300€ e 1500€
Maior índice de empregabilidade: Porto e Lisboa
Cursos na área: CLIQUE AQUI


. Técnico de Energias Renováveis
Salário médio: entre 1800€ e 2000€
Maior índice de empregabilidade: Zona Norte e Centro
Cursos na área: CLIQUE AQUI


Estas são sem dúvida excelentes oportunidades para quem procura uma formação e um novo rumo para a sua vida profissional, pois são profissões onde existe grandes necessidades no tecido empresarial português. Caso pretenda consultar o estudo completo, consulte a seguinte ligação.